mekanisme kerja propranolol cialis via apotheek metformin comparison cipro vivid dreams atc code doxycycline ceclor bactrim viagra and ejactulation erythromycin ointment reactions strattera medicine nederlands valacyclovir vs zovirax prednisone and agitation doxycycline rxlist.com elsie jones viagra voltaren lisinopril nexium vaistai viagra street price buspar et lysanxia viagra name change viagra tablets instruction propecia nashville synthroid nutritional deficiencies viagra alami started lexapro tired clomid pendant 7 jours viagra and benzos augmentin bid 100 ml cipro einnahmedauer exstacy levitra cephalexin and diflucan prednisone cause headache cialis after sugery cytotec y misoprostol cialis community calcio albania cipro nursing responsibilities lisinopril pfizerpro viagra zovirax en pastillas viagra prodaja apoteke prednisolone acetate antibiotic zoloft rezeptfrei fertility clomid calendar cheap kamagra plus zoloft shingles 4 generic cialis softtabs valtrex bad breath cialis confronta prezzi vitamin d3 doxycycline tetracycline pregnancy teeth cymbalta accutane cytotec es 100 seguro augmentin dosing uti tome cytotec vencidas buy discount cialis buy levitra withpaypal iv lasix effectiveness zoloft vocal tics great viagra price glucophage other medications cipro pe ramipril and hydrochlorothiazide cytotec plus augmentin bid 200 fiyat richard madeley viagra female viagra test wellbutrin feel paranoid buspar liver enzymes cipro stomach cramps levitra tablete 10mg indications of tetracycline zovirax bewertung viagra female version clomid peak fertility nexium and thrombocytopenia cytotec and mifegyne green pill synthroid 88 nexium en infusion tetracycline and sulfa viagra dzielenie olly finding viagra viagra in finland propecia justin bieber benefits lisinopril hydrochlorthiazide motrin propranolol strattera venta koyu kahve viagra 100 woman takes viagra viagra authentique pele advertising viagra prednisone confusion sigla cipro nord wie funktioniert cialis levitra discount coupons tetracycline acne yahoo halfwaardetijd lasix glucophage primary function coumadin lisinopril interaction lexapro zoloft combo doxycycline er nexium negatives metformin er feces tysabri and prednisone periorbital cellulitis erythromycin cheapest viagra jellt effect of levitra percocet with lexapro cost of propranolol viagra et thyroide grapefruit and buspar bactrim treat uti beretta viagra ru prednisone patient teaching euro cialis italy clomid therapy info viagra boots 80 years billig levitra celebrex celecoxib dosis about cialis dosage lexapro contraindications cautions cilpa viagra metformin fetus cialis daily aanbieding bactrim prevention cystite lorazepam lexapro celebrex inlocuitor glucovance and glucophage propecia zone frontale viagra de 24 hs lexapro farmacias ahumada contraindications of nexium cheap canadian levitra lexapro generic out genox nolvadex uk levitra stroke kapsule diflucan cialis half tablet nexium health concerns doxycycline staining teeth clomid spuit prednisone liver supplements nexium 40 ml celebrex entzug wellbutrin ramp up uvulitis prednisone viagra alternative philippines viagra kopen dordrecht tableta bactrim shqip wellbutrin drug reviews joe drape lasix augmentin 475 5ml echinacea and lexapro bactrim and seroquel augmentin dose range prednisone dosing shingles click 4 kamagra viagra 500mg price metformin 500 tablet india antidepressants and levitra cialis commercial australia zovirax tablet reviews atlas lisinopril viagra in talin cialis fertility conceive xenical y cancer propecia si funciona efectos de clomid controversial celebrex commercial fertomid and glucophage diflucan ppt imodipine and viagra dosage phenergan 25mg cipro maggio 2012 thai viagra gel clomid test levitra 4x doxycycline dosage facebook cialis soft 40 mg celebrex bei schmerzen cipro chemical structure viagra feminino fitoterapico lexapro topamax trazadone foro efectos viagra recover cipro poisoning levitra durata effetto viagra brasilien rezeptfrei cipro nord banche accutane and bupropion clomid metformina gravidez info on tetracycline viagra melbourne fast pfizer 100 viagra zithromax dosage campylobacter robert klein viagra prednisone diabetes medication wellbutrin increased thirst levitra generico vendita prednisone 2o mg synthroid generic alternative viagra risikofaktoren prednisone withdrawals symptoms date expiry viagra propranolol birthmark treatment skins chris viagra farmacocinetica de cialis zoloft davis plus cialis e xatral jovens tomam viagra thrombocytopenia prednisone treatment viagra von pfizer blue diamond viagra diabetes medicine glucophage are viagra working is prednisone otc cialis popularity treatment with zoloft nesina metformin emivita del viagra cialis improve absorption metformin and medifast augmentin reazioni avverse metformin dejstvo lexapro eating clomid 75 mg wellbutrin treatment uses singapore generic cialis viagra e nimesulide zoloft sleepiness viagra tamil synthroid drip cialis without priscription prices cialis 10mg augmentin 1g glaxosmithkline cialis annos clomid 3 or 5 days lexapro dwi viagra tekst piosenki amoxil pdf clomid 12 dpo metformin lost pounds metformin causes headaches metformin drug history buy clomid pct where viagra manufactured lexapro singapore cialis price expensive levitra schmelztabletten forum cialis 2.5 gram ebay metformin and painkillers doxycycline pale skin lisinopril y cerveza cialis 36 hour mg lexapro skin burning cipro governo generika von augmentin cialis desensitization black woman cialis purchase zovirax cream seroquel erythromycin interaction functional groups amoxil altana pharmacy kamagra prednisone nocturia effects of viagra clomid 2 tabletten hydrochlorothiazide drug information purchase diflucan fast viagra cannabis xenical remboursement nexium tablet oplossen sinusite et zithromax viagra medical reimbursement hydrochlorothiazide prescribing information difference cialis 10 and 20 wellbutrin efficacy adhd lasix come usarlo viagra accessrx cialis j code doxycycline tablets sunlight glucophage stinks doxycycline patient handout hungary cialis indikasi zithromax viagra headquarters landscaping bumex with lasix viagra kalle viagra gary silver antibiotic valtrex wellbutrin vs ativan xenical az efecte adverse nexium actresses on lexapro lexapro abrupt stop would cialis help somac eller nexium lexapro aneurysm cuidados com viagra high dosage strattera bossi viagra citati cialis fainting augmentin si febra 1000 mg zithromax online kombination viagra levitra bypass op viagra viagra womens ingredientes de viagra propranolol sleep disturbance nexium pill 10 mg levitra pack size viktminskning med metformin metformin peak action yohimbe natural viagra diflucan candida intestinal paroxetine vs prozac fine cialis femara and glucophage lasix que contiene get zoloft viagra press packs bactrim forte etkileri expiration date doxycycline buy propecia bulk zoloft schwangerschaft lasix comprimidos cd ovulatie clomid citalopam cialis metformin prescribing info propecia dosage indonesia viagra und hochblutdruck effect prednisone tsh cialis help anxiety viagra brand product bactrim forte generic wellbutrin nuvigil interactions fluconazole, diflucan ointment mincir avec xenical viagra 150 milligrams strattera for hyperactivity canova 50mg viagra cialis 20mg shop levitra professional wiki bactrim and zyrtec nexium for infant dapoxetine available australia prednisone and adh kaip pasidaryti viagra phenergan dosage rash viagra lewis structure hydrochlorothiazide and tachycardia alprazolam and buspar levitra holland rezeptfrei nexium 20 n3 viagra blutdrucksenker penjual levitra lisinopril digestion difficulty cialis cialis boost sperm citalopram rx dosage valtrex shingles mucinex dm zoloft lisinopril effects systolic tetracycline teeth cause metformin in vitro viagra pt assistance abilify versus seroquel thuoc zovirax 200 viagra canada canadian being on wellbutrin fluconazole diflucan cialis 20mg andorre cipro advil interaction cialis como anticonceptivo pill called prednisone active ingredients valtrex tesco viagra london alkoholis zoloft metformin farmakoloji erythromycin 500 dosage lexapro rash hives diflucan 3 weeks problems swallowing zoloft metformin drug ingredients propranolol define cialis canada adipex and viagra zithromax bad breath notice clomid 50mg lisinopril vision problems acheter le cialis cialis vs avodart cialis 3800 verita su propecia viagra hur fungerar viagra and metmorphin wellbutrin pregnancy safety wellbutrin and bonine dnp nolvadex zithromax for mycoplasma diflucan homeopathy lasix pharmaceutical company spray y viagra nexium toothache tricare formulary cialis wellbutrin lexapro prozac viagra and feelings wellbutrin sulfur burps clomid cycle atrophy alli carnitina orlistat 4 follicles after clomid levitra tabletki rozpuszczalne pricing viagra cialis prednisone dosage pharyngitis viagra parecidos farlig viagra generic cialis bulk orlistat xenical interactions strattera applesauce cialis aucun effet nexium w pompie glyburide metformin pregnancy buspar dissociation metformin solution storage turp syndrome lasix traitement clomid echographie wallmart levitra doxycycline and utis wellbutrin stomach discomfort detoxing off lexapro erythromycin ophthalmic cost dapoxetine sverige cialis glaxo wellcome doxycycline allergic penicillin strattera focus xenical 120 mg paypal coumadin vs prednisone doxycycline one dose nausea with doxycycline metformin leistungssport viagra ohne zollprobleme cialis tight foreskin zoloft minocycline interaction cialis dosage forum valtrex for boils coumadin celebrex use wellbutrin and acid propranolol and oxycontin lisinopril 25 price uk metformin vor narkose are 2 5 cialis equal 10 medicament augmentin adulte tigra viagra kamagra dauerhaft propecia without prescriptions tikosyn and lasix diflucan kasp 150 viagra uprima cialis larger viagra erections viagra gebruiksaanwijzing lisinopril blisters wellbutrin category b carbamazepine doxycycline sarcoid and prednisone augmentin application doxycycline tooth abscess zanidip et viagra prise de 4 cytotec metformin muadili levitra frequency hydrochlorothiazide drug label lasix de 20 mg midodrine and synthroid amoxicillin zoloft manboobs nolvadex dosing phenergan dm doxycycline tanzania generic cialis bestellen metformin uv analysis hydrochlorothiazide recreational use viagra insurance pays bactrim med doxycycline helps acne zithromax uti phenergan and lexapro propecia 1 year temple propecia chest hair propranolol alternative anxiety viagra use forum viagra e naion tetracycline conjunctivitis nolvadex discontinued kamagra 25 vardenafil vs levitra clomid vs testosterone augmentin bambini 140 ml prednisone 10 mg ivf cialis und erfahrungen metformin bile acids clomid and ti loestrin 24 and cipro tetracycline contain penicillin cialis c200 red 50mg phenergan nsw viagra law
 

Motricidade Online [17º Aniversário]

...Portal dos Professores e Profissionais de Educação Física e Desporto.

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte

Como o corpo docente e discente percebe as aulas de Educação Física mistas ou separadas por sexo

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF
AddThis Social Bookmark Button
 

 

Profa. Dra. ELAINE ROMERO

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO

Rio de Janeiro/RJ

Pesquisadora do CNPq

JANAÍNA AGUIAR

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO/Vitória/ES

Bolsista de Aperfeiçoamento do CNPq

 

 

1. INTRODUÇÃO

Esta investigação tem como principal objetivo analisar as concepções do corpo docente, nas escolas municipais e particulares de 1º e 2º grau do município de Vitória, Espírito Santo, acerca das aulas mistas ou separadas por sexo, nas atividades de Educação Física.

A sociedade brasileira sempre tentou mascarar questões relativas à sexualidade, principalmente durante a infância e a escola, como aparelho reprodutor ideológico não é diferente. Influenciada pela cultura regional, a escola possui toda uma história de repressão e segregação quanto aos sexos. O meio escolar, há muito tempo, opta por separar corpos, ficando desta forma em uma posição bastante cômoda, sem precisar enfrentar questionamentos ou situações consideradas "desconcertantes". Ainda hoje, a dicotomia corpo/mente ronda o meio educacional. Durante as aulas de outras disciplinas, os alunos de ambos os sexos permanecem juntos na sala de aula, porém, no desenvolvimento das aulas de Educação Física, na maioria quase que absoluta das vezes, são separados por sexo. Este fato denuncia a idéia de que, corpos precisam ser separados, mentes não. "(...) para a escola, o aluno só é corpo quando vai para o pátio de Educação Física" (FREIRE, 1994, p. 210).

Essa posição cômoda, trazida pelas aulas de Educação Física separadas por sexo, há pouco tempo começou a levantar questionamentos e a propiciar reflexões por parte do corpo docente das escolas, a respeito da eficácia dessa forma de trabalho, e hoje, se tem notícias de experiências bem sucedidas de aulas em que alunos de ambos os sexos participam juntos da prática de atividade física com aulas bem preparadas, longe de exaltar unicamente o rendimento físico. Contudo, em muitas escolas a orientação de separar as turmas por sexo para as aulas de Educação Física ainda persiste perpetuando uma prática sexista que desfavorece meninos e meninas em determinadas atividades físicas.

Com base nestas informações este estudo ficou circunscrito no propósito de analisar as concepções do corpo docente e discente, nas escolas municipais e particulares de 1º e 2º grau do município de Vitória, Espírito Santo, acerca de aulas mistas ou separadas por sexo, nas atividades de Educação Física.

PONTOS INVESTIGADOS

  • De onde parte a determinação pelo desenvolvimento das aulas de Educação Física mistas ou separadas por sexo e qual a participação do professor nesta escolha?
  • Quais as vantagens e desvantagens das aulas de Educação Física mistas ou separadas por sexo, para os professores de Educação Física?
  • Quais as vantagens e desvantagens das aulas de Educação Física mistas ou separadas por sexo, perante os alunos e diretores de escola?
  • De que forma as aulas de Educação Física mistas ou separadas por sexo contribuem ou agravam a questão do relacionamento entre meninos e meninas?

2. MATERIAL E MÉTODO

A pesquisa foi de natureza quanti-qualitativa, empregando-se a técnica de análise de conteúdo. Como sujeitos participaram 104 alunos cursando a quinta série do ensino fundamental, 6 professores de Educação Física e 3 diretores. Os participantes eram de ambos os sexos freqüentando e atuando em escolas públicas e particulares do município de Vitória/ES.

O Instrumento empregado foi um questionário com oito perguntas objetivas e discursivas caracterizadas por um roteiro diferenciado para os alunos e professores. As pesquisadoras aplicaram o questionário nas escolas.

3. RESULTADOS PRELIMINARES

Os dados encontram-se em fase de análise, o que não permite no momento detalhamento de resultados e conclusões definitivas. No entanto, seguem abaixo algumas das respostas coletadas na investigação a respeito do que os sujeitos pensam de bom ou ruim sobre as aulas de Educação Física mistas mistas ou separadas por sexo.

Para melhor compreensão dos dados a seguir utilizamos a convenção:

Mistas = M Separados por sexo = S

3.1- RESPOSTAS DOS ALUNOS (amostra):

-Suj. 1 (masc.) - (M): bom - "A gente olha as meninas a aula toda."

ruim - "Pois a gente divide a quadra e meio tempo"

- (S): bom - "Não divide o tempo com ninguém"

ruim - "Só homem em uma aula é ruim demais"

 

-Suj. 2 (masc.) - (M): bom - "Tudo".

ruim - "Nada".

- (S): bom - "Ninguém invade sua privacidade"

ruim - "Se perde o contato com amigos."

 

-Suj. 3 (masc.) - (M): bom - "Que podemos olhar as pernas delas"

ruim - "Temos que dividir o tempo de aula com elas"

- (S): bom - "Não temos que dividir o tempo de aula"

ruim: "Não podemos olhar as pernas delas."

 

-Suj. 4 (masc.) - (M): bom - "Que você não espera para jogar"

ruim - "As meninas têm pouca habilidade com a bola"

- (S): bom - "Podemos bater bola sem embolação."

ruim - "Temos que esperar o tempo delas acabar"

 

-Suj. 5 (fem.) - (M): bom - "Todos conversam com todos."

ruim - "Os meninos sabem jogar melhor"

- (S): bom - "Não tem meninos para dizer que sabem jogar melhor que a gente"

ruim - "Nada."

 

-Suj. 6 (fem.) - (M): bom - "Nada."

ruim - "É que os meninos têm mais direito que a gente e machuca a gente" (sic)

- (S): bom - "Nenhum menino implica com as meninas"

ruim - "Não tem nada."

 

-Suj. 7 (fem.) - (M): bom - "É que os meninos ficam nos olhando"

ruim - "É que não aceitam brincar com o que nós queremos"

- (S): bom - "É que nós conhecemos os meninos educados"

ruim - "É que eles não gostam de brincar de pular corda."

 

-Suj. 8 (fem.) - (M): bom - "Assim nós se sentimos um pouco mais fraternos"(sic)

ruim - "A agressividade em alguns jogos."

- (S): bom - "Liberdade nas aulas de ginástica."

ruim - "Não teria brincadeiras legais como futebol."

 

3.2 - RESPOSTAS DOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA:

-Suj. 1 (masc.) - (M): "Não vejo problemas. O relacionamento homem/mulher na sociedade é fato, não há como ser diferente em Educação Física."

- (S): "Aula de Educação Física com alunos do mesmo sexo teoricamente talvez fosse mais interessante, só que você acaba acomodando-se um pouco."

 

-Suj. 2 (fem.) - (M): "Maior respeito, mais integração, maior solidariedade entre meninos e meninas, ajuda das dificuldades, disciplina pior, maior dificuldade." (sic)

- (S): "Maior realização profissional, maior conscientização, quebra de preconceitos e conceitos pré-estabelecidos.

 

-Suj. 3 (fem.) - (M): "Não sou muito a favor principalmente com adolescentes, pois os interesses muitas vezes não são os mesmos. Exemplo: ginástica feminina, danças, etc. (principalmente o vocabulário do adolescente)."

- (S): "O relacionamento com a professora mais estreito. Como educadora viso muito a educação e a física (separadas). A disciplina do aluno é muito importante para até que ele se torne um bom atleta."

 

 

3.3 - RESPOSTAS DOS DIRETORES DE ESCOLA:

- Suj. 1 (fem.) - (M): "Trabalha a socialização melhor e quebra os tabus."

- (S): "Dificulta a organização da escola."

 

-Suj. 2 (masc.) - (M): "Bom, a parte financeira é mais rentável para a escola, ruim, falta tempo para o professor atender a todos os alunos."

- (S): "Bom, por atender a individualidade de cada turma."

 

4. - CONCLUSÕES PRELIMINARES

Em relação aos professores os dados até agora analisados permitem inferir que a maioria trabalha com turmas mistas e outras com aulas separadas por sexo. Todos eles aprovam e acham interessante trabalhar da forma como trabalham. Nenhum deles foi consultado ou participou do processo decisório da composição das turmas na escola.

As respostas dos diretores dão conta que estes são favoráveis às aulas mistas porque trabalha a socialização e quebra tabus, atendendo a individualidade de cada turma. Houve uma restrição quanto à separação das aulas porque entendeu o diretor que dificultaria a organização da escola.

Os alunos tiveram respostas diversificadas. Os meninos, na sua maioria, responderam que preferiam ter aulas separadas e a justificativa variou, sempre colocando os interesses masculinos prioritariamente como; melhor utilização do espaço físico da quadra, não dividir o tempo da aula, poder bater bola com mais tempo. As meninas, também em sua maioria, preferem as aulas de Educação Física separadas. Elas justificam que desta forma não têm meninos para dizer que jogam melhor que elas, que os meninos são muito brutos, e que sendo as aulas separadas elas têm maior liberdade.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ABREU, Neíse Gaudêncio. Análise das percepções de docentes e discentes sobre turmas mistas e separadas por sexo nas aulas de educação física escolar. In ROMERO, Elaine (Org.) Corpo, mulher e sociedade. Campinas: Papirus, 1995, p. 157-76.

AZEVEDO, Tania M. C. de. A mulher e atividade desportiva; preconceitos e estereótipos. (análise de periódicos especializados em educação física. 1932-1987). Tese mestrado em educação. Universidade Federal Fluminense. Niterói, RJ, 1988.

DAOLIO, Jocimar. A construção cultural do corpo feminino ou o risco de transformar meninas em "antas". In: ROMERO, Elaine (Org.). Corpo, mulher e sociedade. Campinas: Papirus, 1995, p. 99-123.

FREIRE, João Batista. Educação de corpo inteiro. São Paulo: Scipione, 1994.

HAGUETTE, Teresa Maria Frota. Metodologias qualitativas na sociologia. 3 ed . Petrópolis: Vozes, 1992.

ROMERO, Elaine. Estereótipos masculinos e femininos em professores de educação física (Tese de doutorado). São Paulo, USP, IP,1990.

_________. A educação física a serviço da ideologia sexista. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Ijui, n. 3, v. 15, p. 226-234, jan. 1994.

SCOTT, Joan. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Revista Educação & Realidade. Porto Alegre, jun. 1995.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 16 ed. São Paulo: Cortez, 1990.

SOUZA, Eustáquia Salvadora de. Meninos à marcha! Meninas à sombra! (Tese de doutorado). Campinas SP, Universidade Estadual de Campinas, 1994.

_______. Gênero: uma categoria relacional e histórica. Apostila. IX COMBRACE, Vitória, 1995. (mimeo)

 

Novidades por email

Receba gratuitamente informações sobre cursos, eventos, ... Indique o seu email:

(depois de "Subscribe" entrar no seu email para confirmar)